A minha mãe (ou) a tua...


    • Olha so o que te deixo aqui!
      Tenho os teus mesmos gostos, gosto de coisas lindas e preciosas, gosto de ser humilde
      e nunca perder este meu sorriso que tanto adoravas
      eu tento sempre ser tudo isto para ti
      sofro de saudades e tu sabes disso, mas sozinha continuo pela estrada da vida, esta vida que me deste e que amo mais de qualquer outra coisa ao mundo
      és a unica com quem eu falo de mim e sabes o que a minha alma diz
      Saudades sem fim escritas numa folha electronica que aqui escrevo esperando que esta folha nunca venha ser rasgada
      te deixo meus beijos e te digo que te amo
    • Hoje faz 25 anos que por volta desta hora... 11 da noite, eu estava no aeroporto de zurich a apanhar um vöo para Lisboa
      Foi o dia mais triste da minha vida em absoluto
      Um dia daqueles que eu nunca tinha imaginado que tivesse que passar
      Eu imaginava que eras imortal e que estarias aqui para sempre
      Mas tinha chegado a minha vez de conheçer o verdadeiro sofrimento, e eu näo imaginava que se podesse sofrer assim tanto!

      Viajei sozinha! Era um momento em que eu queria estar so comigo mesma e näo deixei que ninguém me acompanha-se
      Queria ter o meu pensamento direto a ti e näo ser interrompida por nada nem por ninguém

      Viajei em primeira classe , recordo que se sentou ao pé de mim um senhor que imediatamente se informou que lingua eu fala-se, mas eu naquele momento desejei que ele näo fala-se nenhuma das que falava eu porque näo tinha vontade de conversar sobre nada mesmo
      Ele falava Ingles, mas chegamos à conclusäo que nos poderiamos entender em Françes
      Claro que eu desejava naquele momento que ele näo fala-se comigo, que me deixa-se em paz
      Mas assim näo foi! falou as 3 horas de viagem sem me deixar o tempo de pensar à minha dör que ele notou de imediato quando se sentou ao pé de mim

      Foi ele que me aleviou a minha ansiedade com tudo o que me contou da sua vida durante aquelas 3 horas, actor de cinema e que viajava muito, era uma pessoa muito faladora e me teve ocupada naquela viagem com os seus contos do trabalho que fazia
      me deixou o seu cartäo pedindo-me que le telefona-se quando eu achasse que o podesse fazer, mas eu perdi o cartäo e nunca mais o vi
      Depois entendi que nada vem por acaso em nossa vida, que os Deuses nos mandam a pessoa certa quando precisamos em momentos menos bons da nossa vida. A essas pessoas eu chamo de anjos terrenos

      Querida Mäe do meu coraçäo, tu sabes o quanto te amo e que penso em ti todos os dias
      a tua presença vive comigo e acredito que és feliz onde te encontras
      Sinto a tua falta e sinto saudades, mas a morte é a unica coisa que näo tem retorno e tenho de me resignar


    • Páscoa!
      Na Páscoa costumava fazer-te os doces que gostavas e tinham origem nas tuas raizes na Beira baixa! tigelada, arroz doce branco e papas de carolo!
      A tua alegria contagiante dava gosto ver! coisinhas doces tão boas!
      Agora são as lembranças que me animam e confortam!
      Continuarei a fazer enquanto Deus assim quiser!claro que vou mudando um pouco a ementa, mas sempre volto á origem,quando posso!
      Mãe saudosa! que bom foi ter-te por tantos anos!
      beijinhos a todas as Mães