Do Huambo para o mundo

    • Novo

      Olá Manecas! as alterações climáticas estão bem presentes no dia a dia! a região do Fundão estava tórrida!! as cerejeiras derreadas com tanto fruto! na beira da estrada os vendedores fazem o preço pela cara do futuro comprador e até da origem uns nos perguntaram se éramos do Norte ou de Lisboa!?
      enfim lá andámos estrada fora!!
      Até mais!
      Imagens
      • IMG_0698.JPG

        704.46 kB, 1,600×1,200, visualizada 1 vezes
    • Novo

      V.P. 23 Maio, às 16.30 ... e 36º !!


      Caros Amigos !
      Salvé !! Dir-se-ia que estamos em pleno Verão e com temperaturas tocando o máximo !!!! A meio da tarde, o termómetro marca 36º, e a previsão era para um máximo de 38, em Santarém !!!! Dia para dia o sobe e desce é constante !
      Tal como as temperaturas, os meus trabalhos sobem e descem (pouco), acompanhando o ritmo da meteorologia e do meu "mercado profissional" ! Começa a ser desgastante, mesmo que se goste muito da actividade !

      Alô Eliseu !!
      Agora é a minha vez de questionar: Essas "Tvs de Cachorro" ? Deduzo que sejam assadores eléctricos, tipo armário ,de frangos no espeto rodando, e com janela de vidro, para visualização ?
      Por cá, há muitos anos atrás, eram os usados, porém, com o regresso das tropas que serviam no Ultramar e posteriormente com a onda dos retornados, o "Churrasco de frango", passou à moda angolana, isto é, o frango é aberto de alto a baixo, e assado inteiro em brasido de carvão, sem utilização de espeto !!
      Continuando em tema de comida, essa vossa "ração de combate", comparada com a dos meus tempos de operacionalidade, é um luxo de primeira !!! A nossa parte líquida, era a que levássemos nos cantis, posteriormente recolhida em rios e riachos, e quando os havia nos imbondeiros. A coisa mais estúpida que se poderá imaginar, era cada caixa de ração, trazer uma lata (idêntica às de cerveja), mas contendo ... leite achocolatado !! Além do peso, os efeitos do leite com chocolate, misturado com as outras tralhas, tinha um efeito "devastador" a nível intestinal ! Resultado ? Se a operação era a pé, todas as latas ficavam na base, se nos deslocávamos de viatura, as latas eram levadas nelas e sempre serviam para oferta às crianças que eventualmente encontrávamos pelas sanzalas !! Latas de ração, quando oferecidas, tinham uma condição !! Comidas à nossa frente, pouis se assim não fosse, já sabíamos que os turras as iriam recolher !! Guerrilha é assim !!


      Quanto ao intercâmbio de jovens estudantes, de diferentes nacionalidades, sem dúvida muito interessante e útil, porém cada vez mais, obrigando a diversos cuidados e a um planeamento com conhecimento prévio de muitos factores ! As máfias do tráfico de jovens, estão em plena actividade e apesar dos constantes avisos das autoridades, jovens e sua famílias descuram as previdências mais elementares. Não há muitas semanas, na nossa Tv, foi dado um programa sobre o assunto, onde são dadas a conhecer as várias tácticas usadas pelos "recrutadores", e relatos de jovens que tiveram o azar de passar por isso, mas também a "sorte" de terem sido resgatadas ao esquema. É de arrepiar !!!


      Alô Manuela !!
      Quente na Serra da Estrela ?? E ainda estamos na Primavera !! Se assim continuarmos ... hoje chegámos aos 35 . E como dizes, é bom fazer novos amigos, para mim. nunca são demais ! E também o pão, quanto mais simples melhor, e feito à moda antiga.


      Amigos, ainda terei que sair até ao Cartaxo, mas penso aparecer ao serão, pelo menos ainda não me chegou pedido de trabalho urgente, para a próxima ida das 4ª feiras a Lx,


      Obs: O "Necas" creio que aparecerá também !!
      Um abração Manecas









      - Laripó, ou mungué, amigos meus !!!
    • Novo

      Olá amigos Mazungueiros! cheguei!! como estava quente na serra da Estrela e arredores! visitou-se a familia e amigos correu tudo bem! chegámos espapassados no fim da viajem pois ninguém tem vinte anos!!!
      Manecas na foto já te identifico bem! outros tempos!!!
      Como é bom fazer novos amigos! Eliseu todas as oportunidades valem!
      Sérgio não te apoquentes muito, as coisas vão rolando!
      Há pão de mistura como é bom! do branco não apreciamos! aqui no Oeste temos pão de muita qualidade! lá de cima da Beira gosto do centeio!
      A todos incluindo os ausentes um bom dia!
      Abraços
    • Salve, salve meus amigos.

      Cá estamos, nesta noite de domingo, que se findou, assim como começou, com muito :so e uma agradável temperatura de 18ºC.
      Dia passado pela manhã em casa, e à tarde, numa reunião na Ordem Rosacruz.
      Ao almoço me safei da cozinha, pois fomos comprar um frango já assado, pronto, assado nas famosas "TV de cachorro". Estava uma delícia, acompanhado que foi com arroz, salada de batatas com maionese, salada verde mista.....
      Como conviva, tivemos ao almoço uma moça, da Dinamarca, que está fazendo intercâmbio no Brasil, justamente na escola e turma da Laura. Ontem à noite elas foram em uma festa de aniversário de uma colega, e depois veio junto para dormir aqui em casa. Assim, ficou para o almoço, e acabamos trocando um bocado de conversa.
      Agora sei que lá a carne suína e a batata são os pratos principais......, bem como que a religião mais professada, assim como o é dela, é o protestantismo, ou Luterana, a mesma nossa. Assim, já fizemos o convite para vir mais aqui em casa, e participar de algumas atividades e, logicamente, saborear um churrasco em algum domingo próximo.
      Ela já está alojada na segunda família em Santa Maria, em 4 meses, pois na primeira sofreu muito preconceito e era muito destratada.
      Mas esses são os riscos que estes jovens enfrentam quando vão aos intercâmbios em outros países, e por bem, sempre há uma outra família disposta a recebê-los e tratar melhor.

      Manecas,
      os nossos caminhoneiros, desde que eu me lembre, sempre carregaram junto uma cozinha literalmente, portátil, e que utilizam ao preparo de suas refeições. Ainda hoje o fazem, em especial, os que são proprietários de seus caminhões, ou seja, são o patrão. Os demais, empregados, já se servem de refeições em restaurantes. Na Região Norte, a regra geral é prepararem as suas refeições, pois simplesmente não há restaurantes ou algo que o valha, na área.
      E eu também sou partidário de refeições simples. Não que se desfaça as mais elaboradas, pois estas também tem sua vez... Mas podendo escolher!
      Aqui em casa, há poucos dias, preparei uma refeição das nossas, do Exército, para o Daniel conhecer.... e saborear. É a base de arroz e feijoada já cozidos, e que estão empacotados á vácuo, devendo ser colocados em vasilha, com um bocadinho de água, e aquecido. O fogareiro é uma peça de alumínio que deve ser dobrado, tomando este formato, e que recebe uma pequena vasilha, onde se adiciona álcool gel, fogo, e pronto. Acompanham barras de cereais, bebidas isotônicas, sucos, cafés, fatiazinhas de pão torrado, geléia e bolachas integrais de água e sal. Que te parece? É possível se alimentar?
      Faziam diversos anos, talvez 10, que não as saboreava, e naquela época eram à base de enlatados: feijoada, dobradinha, sopas, almôndegas ao molho com nhoque... E o arroz era liofilizado, tipo cozido e seco novamente, devendo ser-lhe acrescentada água fervendo, ou fria e ferver até se tornar palatável. Naqueles eu gostava das feijoadas e da dobradinha, além das latas de sardinhas e atum. Nesta de hoje, não me apeteci dela...
      Para o Daniel, tudo estava bom, e até levou para a escola as barras de cereais, a geléia e a bolacha integral.
      Amigo, a guerra é assim mesmo, e vira e mexe, as recordações afloram. E nada melhor que dividir com alguém para se aliviar....

      Bem amigos, desejo para todos uma boa semana que ora se inicia!

      PS: Quando será que o Necas vai retornar??..... :?: :?: 8-o-
      '
      Abraços fraternais! Eliseu
    • V.P. 21 Maio, às 21.45 !!

      Caros Amigos, Boa Noite !!
      Domingo a caminho do fim, com muito calor, acima dos 30º, mas com vento forte durante o pôr do sol !!! Agora acalmou e a temperatura baixou bastante !!
      Aos presentes e ausentes ... uma nova semana sem problemas !!

      Amigo Eliseu !
      Costumo dizer, e também fazer, que na maioria das vezes, as ementas- petiscos e derivados, quanto mais simples, melhor nos sabem, particularmente, em situações especiais! Por exemplo: O turricado pode parecer o limite inferior da simplicidade, não é ?? Pois há um verdadeiro petisco, "ração de combate de camionistas, (camioneiros, né ??), de longo curso, nos tempos de Angola !! Mais simples que o turricado !!!! Mais simples, porque até dispensa o fogo! É a chamada "P.... de bacalhau", em linguagem de camionista e militar! Em linguagem mais "filtrada", é o "Bacalhau de Asneira" . E o que é, afinal de contas ? Um naco de bacalhau, sem ser demolhado, desfiado, passado por água para tirar o sal solto. Junta-se muito alho picado, um pouco de louro, se houver, temperado com azeite, vinagre e pimenta. ... se houver, uma boa fatia de pão e ... Tintol, ou Brancol quanto baste !!!

      Enquanto andei pelos matos do Norte, normalmente nas nomadizações, fazíamos as ementas mais espartafúrias com os componentes da caixa de ração de combate, a chamada "Tipo E" ! Estas, as do exército, pois as das "Especiais" tinham-nas, originárias da África do Sul ,(tipo USA).
      Aguardamos com grande expectativa, a tua nova visita, esperamos mais demorada que a primeira, e aí podemos fazer uma explanação das nossas habilidades culinárias ! O meu genro Adilson, (Luso brasuca), hámuito que se inscreveu !!!!!

      Amigo Sérgio !
      Conseguiste "desenrrascar-te" com o problema do computador !! Ainda bem ! Também eu, volta não volta, fico atolado sem saber o porquê, e pior ainda por não saber ... desatolar-me ! Como tu, recorro sempre à geração ... não analógica !! Recordo que a minha neta mais nova, há anos atráz, ela com os seus dez anos, quando lhe apresentava algum atascanço, ela carinhosamente, começava com: - Óh, Avô !!! Mas isso é básico !!! Pois era, só que me faltavam as bases!!!
      Caro amigo, arranja tempo para vires novamente até cá abaixo e terei todo o prazer de te fazer uma fornada de pão, e broa caseiros !!

      Foi bom "falar" convosco, desanuviou-me o espirito, pois as antigas recordações vieram, novamente ao de cima, e ... nos finais de Maio de 1966 integrado numa operação, na zona de Zala-Nambuangongo, tive a primeira baixa no meu grupo de Sapadores !!
      A foto seguinte, foi tirada no aquartelamento de Zala, com os "Dragões", do Esquadrão de Luanda, quando tudo já terminara!






      Sou o do centro coma "UZI" a tiracolo.


      Um abração, Manecas


      - Laripó, ou mungué, amigos meus !!!