Do Huambo para o mundo

    • Novo

      V.P. às 22.40 de 18 Set


      Caros Amigos, Boa Noite !!
      E o domingo, que eu previa ser de pura preguiça, de um instante para o outro virou de puro trabalho! Não doméstico, mas sim mais uma daquelas solicitações urgentes, muito à moda portuga !!! Há sempre tempo para tudo, mas ele vai correndo, e lá vem o "Daqui d' El Rei que a casa está a arder" !! Proposta para concurso, que devia ser entregue hoje sem falta, mas que se esqueceram de ma mandar pra revisionar ! Levou-me a tarde e parte do serão, mas fez-se !


      Alô Lino
      !
      Aquele abração, e votos de boa saúde e muita felicidade, na companhia dos que te são queridos !


      Alô Eliseu
      Sem dúvida que continuas com bons programas, sinal de boa saúde e disposição, bem patentes nas fotos da família gaúcha ! Impecáveis nos trajes tradicionais.
      Continuamos com tempo incerto, grande variação de temperatura, mas nada de chuva !
      A chamada saudação á Hitler, ou nazi, que mais não é, que a saudação no tempo do Império Romano, era também a usada pela nossa "Mocidade Portuguesa" , instituição do regime Salazarista, cópia talvez (??) das "Juventudes", alemã e italiana !!


      Alô Manuela
      Impressionante tal quantidade de maçã ! Não daria para fazer cidra ? Bebida bem agradável e muito vulgar em terras de Espanha, e não só. As uvas vamos comendo-as, mas como vos disse, conto que o meu vizinho tenha disponibilidade para as destilar para bagaço, já que para a água pé estava já comprometido.


      Alô Sérgio !
      Continuação das melhoras e bons preparos para a reunião com a malta da tropa !! No meu caso, como não fui daqui integrado numa Unidade especifica, durante anos reuníamos o pessoal que passara pelo RIL- RI 20, mas com a passagem dos anos, as baixas foram-se acentuando e deixou de haver quem organizasse.
      Em contrapartida, tenho as reuniões com os antigos colegas do Instituto Industrial de Luanda, e do de Lisboa, em que a grande maioria também é veterana e ex-combatente ! Há ainda a malta da "ferrugem" que trabalhou comigo na fábrica, aqui no Puto, pós 1975, muitos deles também do "clube" veterano !! Portando, ocasiões para virar uns copos, trincar uns petiscos e, essencialmente, cultivar amizade e camaradagem.


      Para todos vós, aquele habitual abraço . Manecas

      - Laripó, ou mungué, amigos meus !!!
    • Novo

      Olá Eliseu, Manecas Lino, Sérgio e demais mazungueiros!
      Os fatos são muito interessantes! e o Daniel lindo como sempre!
      Manecas as vossas uvas estão com aspecto divinal! por cá foi tempo de apanhar maças e a colheita foi óptima!!
      vieram os nossos amigos de Leça ajudar na apanha imaginem que uma árvore deu dezassete caixas! dá para comer e dar e mais dar!!!
      Sérgio desejo que a saúde se vá recuperando bem!fiquem bem! abraços!
    • Bem meus amigos.

      O final de semana se achegou, e já vai pela metade.
      Na quarta-feira passada se iniciou a Semana Farroupilha no Rio Grande do Sul. Esta que foi uma Revolução que durou longos 10 anos, em que se tentou separar o Sul do Brasil deste, no século IX. E que ao fim e cabo dessa, resultou em nada, apenas com um aumento pesado nos impostos pagos pela população, e que basicamente foram o motivo do levante.
      E 200 anos passados, parece que nada mudou.......
      E como Semana Farroupilha, se intensificam as comemorações, com bailes, eventos culinários e etc.
      Ontem fomos à um Centro de Tradições Gaúchas - CTG, próximo à nossa casa, onde degustamos um jantar à base de costelão, e após um pequeno baile, para dançar um pouco.
      Um detalhe é que nestes eventos oficiais, somente pilchado, que é como se denomina quem está vestido à rigor nas roupas gaúchas, pode-se acessar e dançar. Ou então em trajes à rigor, de paletó e gravata.
      Assim, de lá retornamos pelas madrugada.
      Hoje, com chuva o dia todo, fomos à tarde na Ordem Rosacruz, onde também houveram diversas atividades com esta finalidade.
      Para amanhã, está previsto um almoço no Clube donde somos sócios, à base de porco no rolete, e que já está a assar, num sistema de roda, desde hoje. Porco dos seus 200 kg..... Se eu me lembrar, haverá fotos!

      Sérgio Sá escreveu:

      ............................................................................................

      Quanto aos meus olhos, já parei com a medicação quase toda. Apenas o Yellox (colírio) continuarei a colocar: 1 gota 2x por dia até à próxima 3ª feira. Depois serão duas semanas com apenas uma gota diária. E se não surgirem contratempos, no dia 10 de Outubro ser-me-ão prescritas novas lentes para os óculos.


      ............................................................................................

      E tive de entrar na "forma" e fazer continência "à Hitler", à passagem dos dois presidentes pelo Castêlo da Maia, na sua viagem para Braga.

      E para terminar, uma alusão à camaradagem a que vida de militar dera origem. É que no último sábado deste mês, na zona de Pombal, realizar-se-á mais um encontro/almoço/convívio dos elementos que integraram a Comp. Caç. 1463 em comissão de serviço na ZIN - Angola, entre 1965 e 1968. Pena é que o grupo seja cada vez mais reduzido... Vou ver se lá posso estar, como de costume.

      ............................................................................................Sérgio O. Sá

      Amigo Sérgio,
      espero que a visão seja recuperada a 100%!!
      Uma curiosidade: porque fazer continência "à Hitler"? ...........
      Bom proveito neste encontro, onde muitas história terão para contar, apesar do tempo passado.


      Amigo Manecas,
      que belo prato..... Até me deixou cá com vontade de partilhar dele!!!!!
      Espero que as uvas rendam excelentes vindimas e "águas pé".
      E boa sorte ao rancho neste domingo!!!!

      Manuela,
      boa sorte para a Laurinha, que está prestes a virar mais um ano!!!

      Estas fotos são de ontem.....







      Um bom domingo para todos!

      '
      Abraços fraternais! Eliseu
    • Horácio de Almeida escreveu:

      Bom dia Amigos.Visitando hoje a página encontro as fotos e comentários sobre o que poderia ter acontecido se um unico tiro tivesse sido disparado.
      Como bem diz o Eliseu as EBR Panhard não seria páreo para os tanques.
      Aqui quero fazer uma ressalva . Em Cavalaria, tanto na Escola Prática de Cavalaria ( onde servi ) como no Regimento de Cavalaria 7 os tanque eram M47 Patton . Os da foto são M47 com canhão de 90 mm. As Panhard eram equipadas com canhão de 75. Já a blindagem de um e outro nem falar. Abraço


      Salve, salve meus amigos.


      Recém chegado neste nosso recanto, vi que o amigo Horácio já aqui havia feito a correção que eu pretendia fazer.


      Manecas,
      achei estranhas estas fotos dos M60, pois temos 3 exemplares deles na minha Escola, e me pareceram diferentes. Ante a possibilidade deles terem sofrido modificações externas, fui pesquisar, e descobri que Portugal recebeu seus primeiros 50, e únicos, M60 após a 1ª Guerra do Golfo, em 1993.
      Assim, estava confirmado que não eram M60, contudo não sabia o que eram, pois M48 também não eram.
      Assim, o amigo Horácio esclareceu a questão.
      Mas de qualquer modo, é uma história muito interessante.
      Se tivesse havido o primeiro disparo, seja de que lado fosse, não teríamos esse gran finale, e talvez a história da própria Portugal teria sido outra......





      '
      Abraços fraternais! Eliseu
    • Caros Amigos, Manuela, Lino, Manecas, Eliseu e restantes não citados, uma boa noite para todos.

      Passei a tarde em casa de meu filho, em Santo Tirso. Achei que por lá ventava bastante, mas regressado a casa verifiquei que por aqui está igual, com a agravante de o vento ser frio. Nem parece que ainda vamos a meio de Setembro.

      Quanto aos meus olhos, já parei com a medicação quase toda. Apenas o Yellox (colírio) continuarei a colocar: 1 gota 2x por dia até à próxima 3ª feira. Depois serão duas semanas com apenas uma gota diária. E se não surgirem contratempos, no dia 10 de Outubro ser-me-ão prescritas novas lentes para os óculos. Óculos que me foram receitados pela primeira vez no dia 14 de Setembro de 1966, há precisamente 51 anos e dois dias. Ainda conservo a receita com o timbre do Hospital Militar de Luanda. Como o tempo passou depressa!

      E por falar do Hospital Militar, à lembrança vieram outros episódios relacionados com a minha tropa, talvez para não destoar muito das mensagens que antecedem esta. Só que não coloco fotos, não sei como fazer isso, e de blindados não entendo nada.

      Mas recordo-me da vinda do Café Filho a Portugal. Foi em 1955, antes de terminar o ano lectivo. Andava eu ainda na Escola, pois nesse ano fiz a 4ª classe com 12 anos de idade. E tive de entrar na "forma" e fazer continência "à Hitler", à passagem dos dois presidentes pelo Castêlo da Maia, na sua viagem para Braga. Não possuo nenhuma foto desse momento. Seria um interessante documento...
      Portanto, Amigo Manecas, sempre não foi em 1956.

      E para terminar, uma alusão à camaradagem a que vida de militar dera origem. É que no último sábado deste mês, na zona de Pombal, realizar-se-á mais um encontro/almoço/convívio dos elementos que integraram a Comp. Caç. 1463 em comissão de serviço na ZIN - Angola, entre 1965 e 1968. Pena é que o grupo seja cada vez mais reduzido... Vou ver se lá posso estar, como de costume.

      Agora, que está a chegar ao amanhã, vou terminar.
      Um bom fim de semana para todos.
      Até sempre.
      Sérgio O. Sá