Do Huambo para o mundo

    • Caros Amigos Mazungueiros, boa noite!

      Arredio que tenho andado deste convívio, mas ainda cá estou.
      Não tem dado jeito marcar presença, e uma vez mais computador não tem ajudado. Os problemas depois da ligação à fibra óptica só me tem dado "dores de cabeça". Depois da mudança apenas tenho contado com duas coisas positivas: 1 - a rapidez na expedição de e-mails; 2 - o custo da mensalidade que baixou, comparando-a com a do "pacote" anterior.
      O resto são chatices, e se umas se remedeiam, outras aparecem para me inquietar. A última é a impossibilidade de imprimir recibos verdes electrónicos. Até agora, nem o meu filho conseguiu resolver o problema, tendo de ser ele a imprimir os recibos, obrigando-me a deslocações de várias dezenas de quilómetros. Mas enfim, para já é o que se pode arranjar.

      Mudando de azares, recordo o que me calhou em sortes, está a fazer neste momento 52 anos. Foi a 7 de Dezembro de 1965, tínhamos acabado de chegar, pela primeira vez, a QUIBALA, norte de Angola. Era o começo de um mau bocado de que não fazíamos ideia de como iria ser. Tempos que já lá vão...

      E por falar de tempos, refiro-me agora ao tempo atmosférico deste momento, aqui na zona. Está a chover, uma morrinha mansa, mas molha a valer, como fiquei a saber antes de vir para aqui. Fui à rua buscar o contentor do lixo e não levei chapéu de chuva. Por azar o carro da recolha, ao contrário do habitual, ainda não tinha passado. Voltei e, já cá dentro, é que vi como estava. Aliás foi a Fátima quem primeiro se apercebeu. E lá tive eu de trocar da roupa exterior.
      Parece que o carro já passou, pelo que, depois desta passagem por este recanto, voltarei ao exterior, pois não convém deixar o contentar lá fora, não vá amanhã lá estarem dois. Mas agora levarei o necessário resguardo para que a chuva mansa não passe a chuva de molha tolos.

      Meus Amigos, um bom fim de semana prolongado para todos.
      Até sempre
      Sérgio O. Sá
    • Olá, meus amigos!

      Uma rápida passada para vos dar um alô.
      Já de saída para o quartel, onde teremos um jantar com familia, de final de ano, com a presença do Papai Noel e distribuição de presentes aos pequenos.
      Amanhã cá também é feriado, e assim poderemos nos alongar um bocado mais na noite.
      O Daniel também entrou em férias escolares hoje.
      Assim, só eu ainda tenho uma semana para cumprir.

      Um bom feriado para todos!


      '
      Abraços fraternais! Eliseu
    • Olá, meus amigos.

      Cá estou, neste dia antagônico ao vosso: iniciou nos 19º C e chegou aos 31º C ao anoitecer. E continua quente, prometendo chuva para a noite e dia de amanhã.
      E mesmo com calor, houve que sair à compra de enfeites de Natal, que prometi ao Daniel fazer este ano, pois ano passado não teve como subir em escadas, e nem havia disposição para isso

      Manecas,
      dizem que quem é infectado pelo vírus do deserto no Rally Paris -Dakar, sempre lá volta! Pois creio que este slogan também se aplica à quem pisou em terras africanas.
      E as funções à serviço da UN são tentadoras, bem dentro do que gosto. Assim, espero que realmente se me apresente uma boa proposta.
      Gostaria apenas de esclarecer que não é pelo Exército, mas como funcionário da UN!
      Espero que as andanças para Lx tenham corrido pelo melhor.....


      Manuela,
      sempre há que estar preparado. E o dizer que se está velho, vai da mente da pessoa. É esta que define, ou aceita, quando estmos envelhecendo.

      Onde será que andam os outros mazungueiros??.....


      Uma boa quinta-feira para todos!


      '
      Abraços fraternais! Eliseu
    • Caros Amigos !
      Deste Vale friorento, às 22.00, já com 7 º, mas que continuarão a descer até aos 2º, como tem acontecido nas últimas madrugadas. A geada já se fez notar, mas por enquanto sem estragos agrícolas !

      Alô Manuela
      Obras paradas ! Não só os dias são curtos, como a "requisição" para trabalhos profissionais aumentou e as saídas têm sido mais frequentes. Por curiosidade fui à net fazer uma busca sobre estufas agrícolas, de nível doméstico ! Uma boa surpresa, há para todos os gostos, tamanhos e preços! Estou inclinado a comprar uma, pois se assim não fôr, pelo "andar da carruagem", vai demorar a concretizar o desejo horticultor !!!!! Talvez que com a estadia do meu neto, na férias natalícias, arranje um ajudante ???


      Alô Eliseu !
      Sem dúvida ! Aquela feijoada para ser tipicamente, à lavrador, teria que ser adornada com mais umas carnes, enchidos e couves ! Mas ... Dª Teresa acha por bem cortar a ração carnívora, e assim sai uma feijoada não propriamente vegetariana mas ... light !!
      Essa de dois meses a meio expediente castrense, bem agradável, se é que não cortam no vencimento !!!
      Pelos vistos, a magia africana não te abandonou ! OK, ainda és bem novo, e certamente que não te arrependerás, apesar das "instabilidades" daquelas terras.
      Amanhã nova saída, desta vez para Santarém, para exames ao meu sistema auditivo, que seja pela antiguidade e os maus tratos que sofreu anos atrás, me tem andado a incomodar !
      Manecas




      - Laripó, ou mungué, amigos meus !!!
    • Olá Manecas! pois a vida cá vai!
      Não é fácil! a idade complica tudo um pouco!!!
      Também precisamos de um telheiro para guardar o tratorito! pois na churrasqueira atrapalha!!!
      Este fim de semana tivemos os nossos amigos de Leça! foi bom! já precisava de outro convivio...
      As geadas por enquanto ainda leves! aguardemos!
      Eliseu! boa preparação nunca é demais! há que pensar ! embora como se diz o homem põe e Deus dispõe!
      mas não podemos parar!
      A todos os Mazungueiros um resto de dia bom!