Do Huambo para o mundo

    • Novo

      Salve, salve meus amigos.

      Cá estamos, neste final de domingo, após um final de semana para lá de chuvoso, com muitos moradores com as casas alagadas, estradas e pontes detruídas...
      E dizem que o mês de junho vai ser todo assim... Imaginem se, e isso é certo, o frio se juntar aos terrenos, casas, estradas alagadas, com as pessoas sem seus pertences...

      Para efeito de teste, colocarei um o link de um vídeo, no Facebook, da minha viagem:
      Transamazonica BR 230
      Espero que consigam abrir....

      Manecas Manuel escreveu:

      ....................................................................................


      A caminho de Nambu




      A caminho de Nambu, próximo da Fazenda Beira Baixa, esta rampa, conhecida por "Morro da Vingança", só era subida pelos carros com tração total !! A viatura da foto, era um dos poucos camiões civis, (ao serviço da tropa), que tinham três eixos e 10 rodas motrizes, razão porque está subindo por sua conta. As restantes seriam rebocadas, uma a uma, pelas "Diamond" militares. Eram horas e horas de trabalho, e sempre na expectativa de podermos ser flagelados.



      ....................................................................................


      Manecas amigão,
      não consegui reconhecer esta viatura 6x6. Seria uma Ford ou Chevrolet? Me é totalmente desconhecida. Parece que aquando da nossa ida para o V.P. teremos um tintol em boa quantidade.......
      Gostei imenso das ótimas ementas que nos tens trazido. Gostei muito do Tira Gosto.....
      Aqui em casa, ontem foi o aniversário da Laura, minha enteada, fazendo seus 17 anos. Assim, ontem se juntou com algumas amigas e colegas, e fizeram uma imensa bagunça pela noite adentro.
      Como janta, pediu que a Simoni preparasse Lasagna de Strogonoff, e houve uma boa sobra.
      Assim, hoje ao meio dia houve comida à francesa: "restê de ontê"..... E me livrei da cozinha!


      Sérgio,
      estas viagens longas sempre tem uma boa dose de risco, ou perigo. E como tal, a gente se previne, sempre que possível. Mas a região onde menos me preocupei quanto ao perigo, foi na região das selvas, onde há poucos moradores, mas TODOS com o espírito de auxílio mútuo. A minha maior preocupação era nas cidades e trechos urbanizados.
      Mas a minha preocupação não se concretizou. Certamente tive o infortúnio da queda, mas esse considero um risco inerente à quem pilota motocicletas.
      Na minha casa, no terreno que lhe fica aos fundos, há dois pés de bergamotas (mixirica?...) da qualidade Ponkã, uma pereira e um pessegueiro. Contudo, a pereira está com os dias contados, pois já tem 6 anos e nada produziu. Conforme me disse um especialista, pode ser um pé "macho", e neste caso, nada produzirá..... Já o pessegueiro, produziu, mas nada se aproveitou, pois todos os frutos ficaram com uma larva, ou "bixados", como dizemos aqui.
      Em frente à minha casa, num terreno público, fiz um pequeno pomar, com uns 20 pés de diversas frutas nativas da nossa região.


      Manuela,
      parece-me que os teus morangos são da mesma qualidade dos que consumi na Alemanha.
      E tal como tu, também gosto de pão com sardinha. E já tenho discípulo: o Daniel adora!


      Uma boa semana para todos!



      '
      Abraços fraternais! Eliseu
    • Novo

      Caríssimos Amigos, boa noite!

      Mais uma breve visita a este convívio, neste final de domingo com chuviscos e temperatura agradável.
      Já vi as vossas mensagens, escritas e visuais, como sempre a estimular o nossa curiosidade.

      Amiga Manuela, morangos de luxo, é o que se pode dizer dos frutos do teu quintal. Também já os tive cá em casa, assim como cebolas, feijão, tomates, cenouras e até batatas. Era a minha sogra, que vivia connosco, que sabia e tinha jeito para a agricultura, quem se entretinha a cuidar de parte do meu quintal. Do restante espaço as árvores de fruto tomavam conta. Quando deixou de poder lidar com a terra, como não tínhamos tempo para fazer o que ela fazia, acabei por ajardina-la, cobrindo-a de relva e algumas árvores de jardim. As árvores de fruto também foram morrendo. Restam uma ameixoeira, uma laranjeira, um limoeiro, uma macieira e uma figueira. Mas parte do que produzem é consumida pelos pássaros que são mais ladinos do que nós.

      Amigo Manecas, uma das características das tais carroças dos "azeiteiros", assim lhe chamava a gente da aldeia, era mesmo estarem sempre asseadas, com tudo que fosse metal a brilhar ou de pintura bem tratada. Obrigado por me avivares a memória quanto ao modo como aquele comerciante ambulante se fazia anunciar. Uma corneta em metal amarelo, talvez latão, que trazia suspensa, não sei se ao pescoço se a tiracolo, de um fio de couro.
      A viaturas a caminho de NAMBU. Reboca-las por a subida ser acentuada, vá que não vá. O pior era quando elas se atolavam e/ou atravessavam na picada...

      Caro Eliseu, pela leitura de hoje de mais uma etapa, fiquei mesmo convencido de que essa expedição Extremos não foi apenas uma aventura. Todas as aventuras envolvem sempre algum risco. Mas essa, independentemente dos resultados menos felizes, era perigosa. Claro que esta opinião é de quem está deste lado e nunca esteve no Brasil. Quem daí é vê e sente a experiência, vivida ou a viver, de outro modo. Gostei das fotos.


      Para os Amigos Lino e Álvaro, que tudo esteja a correr bem, onde quer que se encontrem.
      E para todos, cordiais saudações e votos de óptima semana.
      Sérgio O. Sá
    • Novo

      V.P. 28 Maio. às 21.35

      Caros Amigos, Lino, Eliseu, Sérgio, Manuela e Álvaro !!
      Boa Noite e votos que o fim de semana, tenha sido, melhor, esteja a ser agradável !! Por cá tivemos um domingo sem sol, o céu sempre carregado, e há cerca de uma hora ... começou chovendo !!! Chuva miúda e nocturna, o ideal para a minha agricultura !! As uvas estão respondendo bem, e se não surgir algum contratempo meteorológico, a colheita será boa e abundante, ora vejam:





      ... e à sua sombra, a "Luna" delicia-se e até sorri, perante tão belo espectáculo:




      Boa semana, caros amigos! Um abraço Manecas

      - Laripó, ou mungué, amigos meus !!!
    • Novo

      V.P. 27 Maio às 22.00

      Alô
      Caros Amigos !
      Salvé !! Votos para que todos estejam curtindo um agradável fim de semana ! Por cá tudo nos conformes, convívio com amigos de longa data, temperatura mais amenas, hoje não chegou aos 30º e trabalhos reduzidos ! Haja folga uma vez por outra !!
      àmanhã domingo, prevejo mais um dia calmo, ainda com menos trabalhos em horta, pomar e pinhal, talvez mais actividade na churrasqueira, se aparecerem os filhos e netos !!
      E, como já se tornando hábito, aqui vos deixo mais uma ementa, 100% Tuga, simples de fazer e bem saudável !!

      O já vosso conhecido, "Fiel Amigo", aqui da maneira mais simples, apenas cozido com batata, cebola, cenoura e bróculos ! Para ser o "Bacalhau com Todos", faltou o ovo cozido e o grão de bico !!




      Ficarei em linha, por mais uns tempos !


      Manecas

      OBS: Agora reparei, que no passado dia 3, deste mês de Maio, cumpri os 8 anos de actividade permanente no "Mázungue" !!
      - Laripó, ou mungué, amigos meus !!!