Do Huambo para o mundo

    • Novo

      Olá Eliseu! meu Deus esse churrasco devia estar demais para bom!
      com o atum fazem-se vários pratos! em saladas também com feijão ou grão! quando vierem a Portugal está prometido o atum de barrica! aqui em nossa casa!Hoje esteve-se muito bem no Vale da Pedra!
      A todos os mazungueiros resto de dia bom!
    • Novo

      Manecas Manuel escreveu:

      FAVAS, FAVAS e FAVAS !!


      Alô Eliseu !
      Para complemento da minha explicação, do que eram as favas, aqui as apresento ... já descascdas :






      Manecas,
      vejo que elas são de tamanho bem razoável. Imaginava que fossem do tamanho de ervilhas ou feijões.
      Mas me pareceram bem apetitosos, com todos aqueles acompanhamentos da outra foto.
      Na verdade, as sardinhas que me deixaram a boca salivando, assim como o cozido à portuguesa.
      Por cá, andei adquirindo conservas de atum com feijões brancos e milho verde, vindos de Portugal. Na verdade, foi aquando da visita ao Lino que as adquiri, em Rio Blanco, Uruguay.
      E caíram no gosto do pessoal daqui de casa.
      Assim, inventamos e modificamos a receita aos nossos ingredientes.
      Desta forma, junto atum enlatado ao nosso feijão moreno ou mesmo preto, já condimentado, e um bocado de milho verde. Juntamente com arroz e salada verde mista, constitui um prato bem saboroso e nutritivo.
      Aqui só conseguimos o atum enlatado, visto não ser pescado nesta área.


      Uma boa quarta-feira para todos!




      1
      Abraços fraternais! Eliseu
    • Novo

      Salve, salve meus amigos.
      Cá estamos, nesta terça-feira chuvosa, com queda acentuada de temperatura.
      A estada na cidade de Cidreira foi como previsto: muito descanso, conversa, comida, algumas (muitas!) cervejas, algumas caminhadas, tanto nas dunas de areia, como na praia.
      Na sexta-feira, viagem sem alterações: saída as 05:00 com chegada ao objetivo as 10:30 horas.
      Já o meu primo aguardava para um churrasco, de carne bovina: um novilho dos seus 150 kg. Carne super macia... Após uma siesta, uma caminhada nas dunas.



      O meu primo e o Daniel, nas dunas....


      Já no sábado, cedo fomos à padaria, e passamos junto ao mar, para ver a situação:

      Essa era a visão do mar, atrás do Daniel.....
      Assim, como amanheceu nublado e com vento frio, não havia maneira de permanecer junto à churrasqueira.
      Desta forma, coloquei um pedaço de seus 5,7 kg de costela para assar, com pouco fogo, e após 5 horas, estava ao ponto.



      Depois, pelas 16:00 horas, uma caminhada na praia, mas com um vento gelado. Valeu para ver os valentes pescadores na sua faina.
      No domingo, o primo assou outro churrasco, com costela desossada que levei junto, congelada, assim como a costela da véspera.
      Após almoço, foi embarcar o material, ajudar na manutenção da casa, e colocar os pneus na estrada. A chegada foi pelas 20:30, com bastante cansaço, pois foi uma viagem de transito complicado, por ser retorno de feriadão.


      Voltarei.....


      '
      Abraços fraternais! Eliseu
    • Novo

      Olá mazungueiros!
      Manecas também só falta o entrecosto?! aqui na região fazem-nas simplesmente cozidas e acompanham com peixe frito ou bacalhau assado era assim que o meu sogro gostava! mas já o seu filho gosta sómente guizadas!!!
      Pois a horta ocupa demais quem a trata! mas não se pode ser escravo! assim amanhã é dia de relax!!!
      Lino a tua imagem demonstra que o ar está acinzentado!!por aqui também não esteve grande coisa! mas o sol acabou por espreitar e ficou bem agradável!
      Hoje feriado nacional! mas cá em casa trabalhou-se!!!
      Há quarenta e três anos por esta data eu era professora na Conda!Angola!com uma tal ingenuidade que nem passava pela cabeça o que ali viria! apesar de já ter marcado o meu regresso a Portugal pois este nada teve a ver com os acontecimentos apenas coincidiu! eu viria atrás de um grande amor! que dura á mais de quarenta e dois!O sonho comanda a vida!!!
      Fiquem bem
    • Novo

      V.P. 25 Abril, às 16.45
      Caros Amigos, Boa Tarde !!

      Dia que amanheceu, sem sol, tal como o do Lino, mas que para mim foi óptimo, pois foi ideal para trabalhos na horta, fazendo o transplante de tomateiros !
      Agora, o sol apareceu, um pouco envergonhado ! Com a minha tarefa terminada, fechei a loja, tanto mais que hoje é feriado !!

      Amigo Lino !
      Ainda sobre os descobrimentos, na Vikipédia, existe bastante e interessante informação sobre a descoberta da Austrália, e da polémica que a envolve !! Quanto ao "Cozido", não me canso de fazer publicidade, neste caso fotográfica, da nossa gastronomia ! ... e sempre que encontro oportunidade, de a dar a comer !!!!!!
      Ontem, para saciar o apetite dos meus primos visitantes, rematei a estadia, com este prato, já vosso conhecido:




      Alô Eliseu !!
      De certeza que já está, de regresso ao serviço, após a estadia à beira mar ! Para recuperares forças, nada melhor que uma refeição ... para gente grande !
      Ela aqui vai, servindo de complemento a indicações já fornecidas !!!!




      Favas, favas e mais favas !! Agora cozinhadas, mas com receita "leve", isto é, sem acompanhamento de carnes de porco, somente duas qualidades de enchidos, ditos chouriços !!
      Nota: A receita da nossa amiga Manuela, é bem mais "pesada", mas também mais aliciante !!!


      Alô Manuela !


      Para vós esta maneira de cozinhar favas estará incompleta, mas Dª Teresa, como algarvia que é, prefere-as assim ! E eu habituei-me !!!!! Boa viagem !


      Amigos, voltarei ao serão ... assim o espero !
      Manecas










      - Laripó, ou mungué, amigos meus !!!