pedido ajuda - correspondente de Angola - Vespas

    • pedido ajuda - correspondente de Angola - Vespas

      Caros amigos,

      Eu tenho um blog dirigido para as duas rodas em geral, que pode ser encontrado em orientacoes8.blogspot.com/um correspondente em Angola,
      Por diversas razões, gostava de ter um correspondente em Angola, que me ajudasse a alimentar o blog com notícias daí. Será que voc~es conhecem alguém que possa colaborar comigo? E já agora, sabem de gente que tenha Vespas por aí?
      Um abraço,

      Joaquim Correia
      orientacoes@sapo.pt
    • Amigo Joaquim:

      Parece que as unicas vespas que sobreviveram em Angola foram aquelas de fazer mel. rsrs

      Mas quando lá estive em 2009 as scooter Yamaha eram uma verdaderia praga.

      Semana passada estive em São Paulo, e fui dar uma rodada na Av. General Osório, famosa por ser um centro de lojas de moto, onde você concotra de tudo, desde mercado de motos novas, a motos de suacata de leilão, passando por lojas de clássicas, etc. Babei vendo as Honda 750 anos 74 a 76 e vespas lindas.

      Se servir de consolo, visita motosantigas.com.br e motosclassicas.com.br

      Minha unica experiencia com Vespas, foi trágica. Um dia qualquer de semana em Lunada, resolvi ma dar uma folga na ida ao colégio. Fui jogar matraquilhos no clube da Auto Avenida lá na Vila Alice. Aproveitei comprei umas bombinhas (aqui usadas no São João, em Angola parece que usavamso no Carnaval) e fui para o muro da casa vizinha.

      O primeiro que apareceu vinha de Vespa. Não tive dúvidas, soltei a bomba, que por capricho resolveu estourar exatamente em baixo da lambreta. Azar meu, era um policial que estava indo para a Sétima Esquadra para entrar de serviço.

      Bom, vocês devem estar imaginando o policial em seu corpo atlético com aquela barriga de cerveja correndo atrás de mim, e eu fugindo pelo portão que dava acesso à estrada dee Catete.

      Bom, consegui me saír melhor que ele.

      Abraços e Feliz Natal a Todos.